Buscar

Sobre coragem.

A palavra “coragem” vem do latim coracticum – agir com o coração, de acordo com o que verdadeiramente sentimos. Mas será que conseguimos ser corajosos, bem no sentido etimológico da palavra? Será que conseguimos acessar nossos desejos mais genuínos, conduzindo a vida partir da integridade com nossos propósitos? Ou estaremos confundidos com as “convenções sociais”, com padrões pré-estabelecidos que não cabem mais em nossa existência tão singular, condicionados a uma busca de felicidade fabricada e que é muito mais relacionada ao “mundo de fora” do que ao “mundo de dentro”? Minha provocação: você tem coragem? Coragem de acessar seus sentimentos? Coragem de assumir o que deseja? Coragem de transformar o que não faz mais sentido e já “atrofiou” em sua vida em algo melhor em mais potente?


Andamos pela vida e geralmente nem perceb